Cooperjovem

O Cooperjovem é um Programa da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCESC) e tem abrangência nacional. O projeto foi criado no ano de 2000 e permite que as escolas possam complementar a grade curricular com conteúdos que atendam às necessidades regionais. Tudo isso seguindo o que determina a Lei de diretrizes e Bases da Educação (LDB).

Na Copérdia o Cooperjovem foi lançado no ano de 2010, viabilizando o estudo do cooperativismo. O objetivo do projeto é disseminar a cultura e os valores da cooperação, por meio de atividades educativas.

Atualmente, a Copérdia desenvolve esse trabalho nas escolas Professor Mansuetto Boff, de Concórdia, no Núcleo Pedagógico Rural de Joaçaba (Nuperajo) e na EEF Professora Neusa Bernardina Marques, de Itá. O programa atende 982 alunos e capacita mais de 20 professores.

O Cooperjovem reforça o 5º e o 7º princípio do cooperativismo que são adotados em todo o mundo. Ele leva até as escolas a importância da educação, formação, informação e o interesse pela comunidade. As ações nos educandários podem ser desenvolvidas em parceria com organizações, escolas, cooperativas, Secretarias Municipais e Gerências Regionais de Educação de todo o Brasil.

Objetivos do Programa

  • Disseminar valores e princípios cooperativistas, fortalecendo a cultura da cooperação;
  • Valorizar, incentivar e estimular os educadores do Ensino Fundamental para que sejam os principais animadores e orientadores da proposta;
  • Estimular o desenvolvimento de projetos educacionais cooperativos, dirigidos às práticas de cooperação e do ensino do cooperativismo dentro e fora da sala de aula;
  • Qualificar educadores e técnicos das cooperativas quanto à metodologia, conteúdos e ferramentas didático-pedagógicas do programa, por meio de formação/capacitação de ação continuada;
  • Preparar os estudantes para enfrentarem, em melhores condições, os desafios do mundo pós-moderno e intervirem como agentes da história.
  • Construir uma sociedade mais ética, democrática, justa e responsável.

 

Cooperjovem em números

  • 3 escolas
  • 20 professores ​
  • 881 alunos que participam do programa​